Posts com Tag ‘alimentação’

OPA! vegetais memoria

A alimentação é uma importante aliada no fortalecimento da sua MEMÓRIA!!!!

Alguns exemplos são a vitamina D, uma das mais potentes substâncias para regeneração dos neurônios; a vitamina B2, com atuação sobre o humor, a memória e a regeneração do antioxidante glutationa; as vitaminas B6 e B12, que atuam na formação de neurotransmissores, responsáveis por transferir informações de um neurônio para o outro; e a vitamina E, essencial para o cérebro por combater o envelhecimento.

É aconselhável, segundo especialistas em nutrição, priorizar o consumo de verduras e legumes crus, além dos alimentos integrais. Devem ser evitados os alimentos refinados e gordurosos.

EVITEM, também, o consumo de bebidas alcoolicas, porque os prejuízos não são apenas aqueles imediatos, mas a  longo prazo podem causar redução no tamanho do cérebro e deficiência nas fibras que transportam informações entre as células cerebrais (nossa, essa eu não sabia!!!).

SAÚDE não tem preço!! vamos cuidar!

fica a dica!

o estilo diz tudo
Rei da Moda.

OPA!diet

Vale a pena aprender a diferença entre os produtos LIGHT e os DIET, para fazer a escolha CERTA. A eterna dúvida, que quase todo mundo tem, foi agora esclarecida pela doutora em nutrição e professora da UNINOVE – Daniela Silveira.

De acordo com as normas da ANVISA, os alimentos DIET são aqueles que são formulados ou processados especialmente para indivíduos com exigências metabólicas ou fisiológicas específicas e necessitam de dietas especiais.

Esses alimentos podem ser indicados para diversos tipos de dietas como: alimentos para dietas com restrição de carboidratos ou gorduras ou proteínas ou sódio ou açúcares.

Portanto, fica claro que a finalidade destes alimentos não é especificamente atender somente o público diabético ou para aquele que quer reduzir o peso.

O alimento LIGHT apresenta redução mínima de 25% em determinado nutriente (açúcares, gordura saturada, gorduras totais, colesterol e sódio) ou em calorias, quando comparado ao alimento convencional.

De maneira geral, as diferenças fundamentais entre os dois são: Os alimentos DIET são destinados a grupos populacionais com necessidades específicas e os LIGHT para grupos populacionais saudáveis que desejam reduzir o consumo de alguns dos nutrientes.

Os produtos diet não têm como finalidade a ingestão reduzida de calorias, pois alguns produtos diet são até mais calóricos que os convencionais. O exemplo mais clássico deste fato é o chocolate diet, especialmente confeccionado sem açúcar, com adoçante, direcionado para o público diabético. A retirada do açúcar, no caso deste produto, originou a necessidade do acréscimo de gordura, o que fez com que o produto apresentasse um número de calorias maior do que seu similar convencional.

Acredito que deu pra ter uma boa ideia – Palavra agora sem acento de acordo com a reforma ortográfica – sobre a verdadeira diferença. Faça sua escolha correta da próxima vez.

fica a dica!

o estilo diz tudo

Rei da Moda.

OPA!

Interessante a dica da revista MH:

Acredite, há vida saudável nas praças de alimentação. A nutricionista Monica Beyruti, de São Paulo, analisou o cardápio de quatro grandes redes de fast food, com filiais nas principais cidades brasileiras, e destacou o que cada uma oferece de mais nutritivo. São propostas de refeições completas e balanceadas para que você almoce rapidinho sem desperdiçar seus esforços na academia. 

MC DONALD’S

Nem olhe para os sanduíches, muito calóricos e pobres em fibras. Vá de Premium Salad Grill (peito de frango grelhado acompanhado de folhas, cenoura, tomate, parmesão e mussarela de búfala) temperada com molho de limão, vinagrete ou balsâmico. Para beber, chá gelado light e, de sobremesa, o “falso sundae” de iogurte com frutas vermelhas. Trata-se de uma boa combinação de alimentos funcionais que também são fonte de energia, fibras, vitaminas, cálcio e proteínas.

MC

SPOLETO

Resista à tentação dos molhos brancos e das massas recheadas. Prefira massas simples com molho vermelho enriquecido com legumes, castanha de caju e salmão (ou atum). O tomate, quando aquecido, aumenta o aproveitamento de licopeno, que ajuda a prevenir o câncer de próstata. O peixe é rico em ômega-3, proteína e ferro.

E as castanhas são fontes de gordura monoinsaturada, benéfica para o coração.

spoleto

HABIB’S

Esqueça o quibe frito e a esfiha. Combine tabule (salada de trigo integral com hortaliças, limão e azeite) com uma porção de cafta na bandeja (carne moída temperada e assada)– outras boas opções são a abobrinha recheada com arroz e carne e o charuto de repolho. Arremate com um suco natural. Dessa forma você consegue uma refeição especialmente rica em fibras (presentes no trigo da salada), proteínas e ferro(provenientes da carne) e vitaminas (que se concentram nas frutas e nos vegetais).

habbibs

CASA DO PÃO DE QUEIJO

As vitrines estão recheadas de salgados deliciosos que são verdadeiras bombas de calorias – e as alternativas light não chamam tanta atenção. Mas vale a pena investir no Club Light, sanduíche de pão de fôrma integral com peito de peru, tomate e mussarela light, ou no beirute de peru, que reúne peito de peru, tomate, queijo prato e alface (opcional) no pão sírio. Para acompanhar, um suco natural tradicional ou um natureba, que combina duas frutas.

casa

 fica a dica!

o estilo diz tudo

Rei da Moda.

OPA!frutas

Como a preocupação com o CORPO e a SAÚDE deve ser sempre uma constante no nosso dia a dia, as dicas sobre alimentação são sempre bem-vindas no REI DA MODA.

Veja o que dizem especialistas sobre as FRUTAS:

Uma porção de açaí, acrescida de suco de frutas, parece ser uma opção mais adequada para quem se preocupa com a saúde – e de fato é, ainda que o apelo nutritivo não implique calorias a menos. Uma tigela com 100 g de açaí camufla 247 calorias, o equivalente a três pãezinhos. E aquele coco que perambula impune pela praia oculta 266 calorias em 100 g de polpa. O abacate, cuja unidade chega a 334 calorias, também se disfarça de amigo da dieta para invadir a geladeira.

Traiçoeiras, algumas frutas podem pesar mais na balança do que guloseimas banidas injustamente do menu light.

A associação entre frutas e emagrecimento tem a ver com a sensação de saciedade que elas proporcionam. “Frutas costumam ser ricas em fibras, o que estimula o bom funcionamento intestinal. Isso ocorre sobretudo quando há ingestão da casca e do bagaço, que aumenta ainda mais o volume no estômago. Esse potencial de saciedade, entretanto, se perde quando a fruta é usada em sucos, já que o processamento destrói grande parte das fibras“, explica o entrevistado pelo Yahoo.

CAUTELA NA mistura de frutas: O índice glicêmico de um alimento é modificado na interação dele com outros alimentos. Uma associação interessante é consumir nas refeições principais frutas cítricas, ricas em vitamina C, como laranja e acerola. Isso melhora o aproveitamento do ferro pelo organismo.

Quem deseja perder peso ou tem diabete deve ingerir três frutas por dia. “As demais pessoas podem comer quatro unidades. O ideal é substituir o doce, que muitas vezes é rico em gordura trans ou saturada, por frutas. Algumas, como o abacate, também têm gordura, mas trata-se de uma gordura boa, que eleva os níveis do colesterol bom“, detalha outro entrevistado, nutricionista do Hospital das Clinicas em SP.

TRAIDORAS DA DIETA

O personal trainer Flávio Settanni, responsável pela boa forma da apresentadora Luciana Gimenez, lembra que o excesso de frutas já atrapalhou a dieta de sua cliente. E explica o motivo. “Algumas frutas, como manga, banana e mamão, têm alto índice glicêmico. Elas liberam açúcar rapidamente no organismo e, se ingeridas à noite, o corpo não terá tempo para consumir tanto açúcar. Nesse horário, prefira grelhados e legumes“, indica. “Além disso, o excesso de carboidratos das frutas dificulta a queima de gordura. Para perder peso duas ou três frutas por dia é o indicado. O ideal é ingerir frutas quando o estômago está vazio: ao acordar, em lanches no decorrer do dia ou logo após fazer exercícios.”

fica a dica (Yahoo – Saúde)

o estilo diz tudo

Rei da Moda.